O paradigma do Líder – Em terra de cego, quem tem um olho é rei

Por que no RH ainda se cometem tantas falhas?
10 de setembro de 2016
Empresas contratam por Competência Técnica e demitem pela Comportamental
25 de novembro de 2016

O paradigma do Líder – Em terra de cego, quem tem um olho é rei

As tendências exploradas nas literaturas dos gurus da administração apontam uma escassez de líderes sem precedentes.

E você, líder, como responde a isso?

Alguém já lhe disse que o povo sabe das coisas? E como tem verdade esse dito popular neste atual momento! Mas aonde quero chegar?

Quando as tendências exploradas nas literaturas dos grandes gurus da administração apontam uma escassez de líderes sem precedentes, como líder, você provavelmente, as conceberá como um fato verídico ou se questionará se diante de tantas demandas a natureza não poderia ser mais condescendente e conspirar a seu favor.

O fato é que estamos vivendo, sim, uma escassez de líderes, mas isso pode ser o estopim para que você saia da abundância, da grande massa de líderes fragilizados com as mudanças e inábeis na gestão de pessoas para os resultados, e se torne o melhor líder que pode vir a ser.

E agora então, posso recuperar o título deste artigo: EM TERRA DE CEGO, QUEM TEM UM OLHO É REI. E muito bem-vindo à realidade, pois cada resultado não atingido será à você atribuída a responsabilidade, afinal você escolheu estar na posição de líder, e ser líder (podem lhe dar todos conceitos possíveis, mágicos ou minimalistas, hards ou softs) é cuidar do empreendimento.

Agora, se consciente está dos cuidados que oferece à empresa que representa e mesmo assim, ainda tem enfrentado dificuldades de atingir os objetivos, talvez a sua falha não esteja na atitude (no querer fazer) ou na técnica (os conhecimentos que têm), mas na ausência de habilidades para gerir a sua equipe; tornando-a forte o suficiente para poder ser adjetivada como uma equipe de alta performance e você, ser reconhecido como um Grande Líder na sua organização.

Ao longo de cinco anos, tenho atuado junto às empresas de todos os portes desenvolvendo lideranças em todos os níveis e as queixas são muito parecidas. Sem querer minimizar as dificuldades ou cometer generalizações de modo empírico devo, sim, compartilhar contigo para que se sinta desde já acolhido, desafiado e provocado a desenvolver as competências essenciais que te aproximarão dos seus objetivos de resultados.

Se a ausência de feedback está impedindo o seu crescimento ou se os feedbacks não são dos mais precisos, capazes de te ajudar a compreender quais os comportamentos que precisam ser desenvolvidos, estou me propondo a trazer para o cenário do aprendizado o seu superior imediato e a sua equipe. E a partir daí acompanhar o plano de ação que você irá desenvolver com objetividade e imparcialidade, conectado à sua visão de futuro para que avance na sua carreira sem retrocesso.

Em sala de aula, você receberá as ferramentas, os conhecimentos e as técnicas para transferir imediatamente para o ambiente de trabalho o aprendizado adquirido e terá total apoio durante todo o ciclo de desenvolvimento para ser ouvido, provocar ajustes e redirecionar a sua energia de forma que as entregas estejam em níveis superiores. Afinal, o outro dito popular é que “o bom é inimigo do ótimo.” E esse é o principal problema que empresas e líderes enfrentam hoje. Não o conheço ainda; ainda desconheço as suas pretensões de crescimento, mas já me permito afirmar que se o bom lhe contenta, a vida lhe cobrará por isso em algum momento. Afinal, na sua vida daqui para frente nada menos do que o melhor!

Finalizo com o dito que “brasileiro não gosta de ler”. Talvez ,como eu, você não faça parte da massa, mas não vou arriscar.

Informe-se sobre os detalhes do Projeto de Líderes que levarei ao mercado neste semestre no mês de Setembro!

Espero conhecê-lo pessoalmente em breve.

Diretora de Educação Corporativa da Leme Consultoria. Atua há mais de 25 anos como gestora na área de RH. É Psicóloga com extensão em psicodrama e em assessment pela metodologia DISC e Pós-graduada em marketing de negócios com MBA em Gestão de Pessoas pela FGV. Coach com formação e certificação internacional pela ICI e Mentoring com formação e certificação internacional pelo Center for Advanced Coaching. Autora do livro “Um RH Visto de Cima – O que a Alta Administração Espera que Você Saiba para Fazer a Diferença“